domingo, 27 de abril de 2008

TANTO MAR

No teu olhar
Habitam oceanos azuis
Promessas e bençãos
Flutuam
Até ao horizonte
Sobra tanto mar
Nos azuis profundos
Do teu olhar
Tanto mar navegado
Ainda tanto para percorrer
Caminhos nunca pisados
Nos lagos azuis
Do teu olhar.

1 comentário:

Ma Ferreira disse...

Nos olhos da esrela
Refletem-se
olhos azuis.

Ma Ferreira